Decis 25EC 1L

Ver Preço

Decis 25 EC é um inseticida de contato e ingestão do grupo piretroide, indicado para o controle de pragas nas culturas de Abacaxi, Algodão, Alho, Cebola, Ameixa, Amendoim, Batata, Berinjela, Pimentão, Tomate, Brócolis, Couve, Couve-flor, Repolho, Cacau, Café, Caju, Citros, Eucalipto, Feijão, Feijão-vagem, Figo, Fumo, Gladíolo, Maçã, Melão, Melancia, Milho, Pastagem, Pepino, Pêssego, Seringueira, Soja, Sorgo e Trigo.

Para mais informações vide bula ou Ficha de Emergência

Ver Preço
  Perguntas e Respostas

Decis 25 EC

Deltametrina
758498
Bayer

Composição

Deltametrina 25 g/L Piretróide

Classificação

Inseticida
I – Extremamente tóxica
I – Produto extremamente perigoso
Inflamável
Não corrosivo
Concentrado Emulsionável (EC)
Contato, Ingestão
Abacaxi Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca do fruto
(Strymon basalides)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias 14 dias Iniciar as aplicações quando a inflorescência aparecer na roseta foliar da planta (normalmente 45 dias após a indução floral)
Algodão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Curuquerê
(Alabama argillacea)
100 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 5 – 15 dias. 7 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação e postura, de acordo com o nível de controle, quando houver 2 lagartas/m ou 10% de desfolha
Lagarta rosada
(Pectinophora gossypiella)
300 mL p.c./ha 80 a 200 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 5 – 15 dias. 7 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação e postura, de acordo com o nível de controle, quando houver 3 a 5% de maçãs firmes com sintomas de ataque
Pulgão do algodoeiro
(Aphis gossypii)
400 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 5 – 15 dias. 7 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações quando, em 70% das plantas examinadas em variedades tolerantes e 10% em plantas suscetíveis à viroses, as folhas estiverem começando a se deformar, com presença de fumagina e existirem pulgões
Trichoplusia
(Trichoplusia ni)
400 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 5 – 15 dias. 7 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação e postura, de acordo com o nível de controle, quando houver 2 lagartas/m ou 10% de desfolha
Alho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Tripes do fumo
(Thrips tabaci)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar uma aplicação. 5 dias. Iniciar as aplicações logo no início do aparecimento das primeiras ninfas nas bainhas das folhas antes da bulbificação. Direcionar a aplicação para a inserção das folhas (bainha), local aonde se encontra a praga abrigada
Ameixa Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mosca do mediterrâneo
(Ceratitis capitata)
50 mL p.c./100L água 3 L de calda / planta Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 2 dias. Iniciar as aplicações quando for encontrada 0,5 moscas por armadilha por dia no início da formação. Reaplicar sempre que atingir o nível de controle novamente, com intervalo de 15 dias
Amendoim Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Tripes do bronzeamento
(Enneothrips flavens)
200 mL p.c./ha 200 a 300 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 3 dias. Aplicar logo no início da infestação quando identificar as primeiras formas da praga nas folhas
Arroz sequeiro Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
100 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação por ciclo da cultura. 37 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, com as lagartas em estádio inicial de desenvolvimento.
Batata Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
40 mL p.c./100L água 500 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias 1 dia Aplicar no início da infestação praga em todas as partes das plantas
Berinjela Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca pequena do tomateiro
(Neoleucinodes elegantalis)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias 3 dias Iniciar a aplicação quando forem observados os primeiros ovos na superfície dos frutos. Realizar o monitoramento das plantas desde o início da formação dos primeiros frutos
Minador de folhas
(Liriomyza sativae)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha até 20 Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias 3 dias Tratar logo no início da infestação
Traça da batatinha
(Phthorimaea operculella)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias 3 dias Tratar logo no início da infestação
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias 3 dias Tratar no início da infestação
Brócolis Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
30 mL p.c./100L água 300 a 600 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar logo após o transplante, quando observar sinais de ataque, deve-se pulverizar de preferencia à tarde, dirigindo-se o jato na base das plantas
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar quando encontrar os primeiros indivíduos ou sintomas como furos nas folhas centrais. Repetir se necessário
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar logo no início da infestação, procurando atingir a praga
Cacau Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Chupança do cacau
(Monalonion bondari)
250 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 15 dias. 30 dias. Aplicar no início da infestação dirigindo o jato de pulverização para os ramos e troncos da planta
Vaquinha preta
(Taimbezinhia theobromae)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 15 dias. 30 dias. Aplicar início ataque com calda direcionada principalmente as folhas
Vaquinha verde
(Percolaspis ornata)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 15 dias. 30 dias. Aplicar início ataque com calda direcionada principalmente as folhas
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta dos cafezais
(Eacles imperialis magnifica)
600 mL p.c./ha 200 a 600 L de calda/ha Realizar no máximo 3 aplicações por ciclo de cultivo, com intervalo de 30 dias 15 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, com as lagartas em estádio inicial de desenvolvimento (do 1º ao 3º instares)
Lagarta mede palmo
(Oxydia saturniata)
400 mL p.c./ha 200 a 600 L de calda/ha Realizar no máximo 3 aplicações por ciclo de cultivo, com intervalo de 30 dias 15 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, com as lagartas em estádio inicial de desenvolvimento (do 1º ao 3º instares)
Taturana verde
(Automeris spp)
400 mL p.c./ha 200 a 600 L de calda/ha Realizar no máximo 3 aplicações por ciclo de cultivo, com intervalo de 30 dias 15 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, com as lagartas em estádio inicial de desenvolvimento (do 1º ao 3º instares)
Caju Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Tripes
(Selenothrips rubrocinctus)
200 mL p.c./ha 300 a 1000 L de calda/ha Reaplicar se necessário com intervalo de 15 – 20 dias. Realizando no máximo três aplicações. 7 dias. Avaliar 1 ramo por planta e aplicar quando as plantas apresentarem os primeiros sinais de ataque da praga
Cebola Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Tripes do fumo
(Thrips tabaci)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar no máximo três aplicações. 2 dias. Iniciar as aplicações logo no início do aparecimento das primeiras ninfas nas bainhas das folhas antes da bulbificação. Direcionar a aplicação para a inserção das folhas (bainha), local aonde se encontra a praga abrigada
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Cigarrinha
(Oncometopia facialis)
15 mL p.c./100L água 2 a 10 L de calda / planta 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo 1 aplicação por ciclo de cultivo. 21 dias. Realizar monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, quando em árvores adultas (acima 3 anos) deve-se aplicar quando houver presença do inseto em 10% das árvores vistoriadas. Em plantas jovens aplicar preventivamente
Pulgão preto dos citros
(Toxoptera citricida)
30 mL p.c./100L água 2 a 10 L de calda / planta 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo 1 aplicação por ciclo de cultivo. 21 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações quando as plantas apresentarem sintomas de ataque e presença de ninfas e adultos e presença de fumagina. Assegurar que o produto tenha boa cobertura e penetração em todas as partes da planta
Couve Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
30 mL p.c./100L água 300 a 600 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar logo após o transplante, quando observar sinais de ataque, deve-se pulverizar de preferencia à tarde, dirigindo-se o jato na base das plantas
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar quando encontrar os primeiros indivíduos ou sintomas como furos nas folhas centrais. Repetir se necessário
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar logo no início da infestação, procurando atingir a praga
Couve-flor Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
30 mL p.c./100L água 300 a 600 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar logo após o transplante, quando observar sinais de ataque, deve-se pulverizar de preferencia à tarde, dirigindo-se o jato na base das plantas
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar quando encontrar os primeiros indivíduos ou sintomas como furos nas folhas centrais. Repetir se necessário
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Aplicar logo no início da infestação, procurando atingir a praga
Eucalipto Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta dos eucalipotos
(Thyrinteina arnobia)
200 mL p.c./ha 200 a 500 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. Uso não alimetar. Aplicar no início da infestação. O produto deverá ser diluído em água na dosagem recomendada e aplicado de forma a obter boa cobertura em toda massa foliar das plantas. Havendo necessidade, efetuar nova aplicação com intervalo de 7 dias
Feijão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta-falsa-medideira
(Pseudoplusia includens)
120 a 160 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Em caso de reinfestação, reaplicar com intervalo de 15 dias. Realizar no máximo 3 aplicações por ciclo de cultivo. 16 dias. Aplicar realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação e postura, de acordo com o nível de controle, quando houver 20 lagartas por amostragem ou 30% de danos nas folhas no estágio vegetativo e 15% de danos no estágio reprodutivo
Feijão vagem Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta das vagens
(Etiella zinckenella)
30 mL p.c./100L água 300 a 100 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Caso seja necessário, repetir as aplicações com intervalos de 7 dias. Realizando no máximo três aplicações. 1 dia. Realizar monitoramento sistemárico e iniciar as aplicações logo no início da infestação praga, tão logo observar as primeiras formas nas plantas. Utilizar volume de calda de pulverização que permita em todas as partes das plantas. Para pulgões, pulverizar visando também atingir a parte inferior das folhas
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 300 a 1000 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Caso seja necessário, repetir as aplicações com intervalos de 7 dias. Realizando no máximo três aplicações. 1 dia. Realizar monitoramento sistemárico e iniciar as aplicações logo no início da infestação praga, tão logo observar as primeiras formas nas plantas. Utilizar volume de calda de pulverização que permita em todas as partes das plantas. Para pulgões, pulverizar visando também atingir a parte inferior das folhas
Figo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da figueira
(Azochis gripusalis)
50 mL p.c./100L água 0,5 a 1 L de calda / planta Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 14 dias. Tratar preventivamente, repetindo a aplicação a cada 15 dias, a partir da emissão dos novos ramos
Fumo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mandarová do fumo
(Manduca sexta paphus)
200 mL p.c./ha 200 a 500 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. Uso não alimentar. Tratar no início da infestação
Traça da batatinha
(Phthorimaea operculella)
160 mL p.c./ha 200 a 500 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. Uso não alimentar. Tratar no início da infestação
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
160 mL p.c./ha 200 a 500 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. Uso não alimentar. Tratar no início da infestação
Gladíolo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Tripes do gladíolo
(Thrips simplex)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 10 dias. Uso não alimentar. Aplicar preventivamente logo que observar os primeiros sinais de ataque
Maçã Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mosca sul americana
(Anastrepha fraterculus)
40 mL p.c./100L água 1 a 3 L de calda / planta Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 11 dias. Realizar monitoramento sistemático do pomar e Iniciar a aplicação quando houver um acúmulo médio de 0,5 mosca por armadilha por dia
Melancia Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca dos frutos
(Diaphania nitidalis)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias O monitoramento para observação da presença da broca-das-cucurbitáceas através da amostragem assegura a determinação do momento ideal para o início das pulverizações. Aplicar quando encontrar os primeiros sinais da praga nas plantas monitoradas de modo que a aplicação possa atingir toda a parte aérea, principalmente flores e frutos
Melão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca dos frutos
(Diaphania nitidalis)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 1 dia O monitoramento para observação da presença da broca-das-cucurbitáceas através da amostragem assegura a determinação do momento ideal para o início das pulverizações. Aplicar quando encontrar os primeiros sinais da praga nas plantas monitoradas de modo que a aplicação possa atingir toda a parte aérea, principalmente flores e frutos
Milho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Realizar no máximo 1 aplicação por ciclo de cultivo. 1 dia. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, de acordo com o nível de controle, antes das lagartas penetrarem no cartucho, com 20% de plantas com folhas raspadas pela praga e com as lagartas em estádio inicial de desenvolvimento (do 1º ao 3º instares)
Pastagens Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Gafanhoto
(Rhammatocerus spp.)
300 a 400 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 15 a 20 L de calda/ha (aéreo) Em caso de reinfestação, reaplicar com intervalo de 30 dias. Realizar no máximo 2 aplicações por ciclo de cultivo. 3 dias. Aplicar a menor dose na fase “jovem-saltão” e a maior dose na forma “alada-imago”
Pepino Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Pulgão do algodoeiro
(Aphis gossypii)
30 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Aplicar quando encontrar os primeiros sinais das pragas nas plantas monitoradas de modo que a aplicação possa atingir toda a parte aérea, principalmente flores e frutos
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Aplicar quando encontrar os primeiros sinais das pragas nas plantas monitoradas de modo que a aplicação possa atingir toda a parte aérea, principalmente flores e frutos
Pêssego Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mosca das frutas
(Anastrepha spp.)
40 mL p.c./100L água 1 a 3 L de calda / planta Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 5 dias. Realizar monitoramento sistemático do pomar e Iniciar a aplicação quando houver um acúmulo médio de 0,5 moscas por armadilha por dia
Mosca do mediterrâneo
(Ceratitis capitata)
40 mL p.c./100L água 1 a 3 L de calda / planta Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 5 dias. Realizar monitoramento sistemático do pomar e Iniciar a aplicação quando houver um acúmulo médio de 0,5 moscas por armadilha por dia
Pimentão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca pequena do tomateiro
(Neoleucinodes elegantalis)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Iniciar a aplicação quando forem observados os primeiros ovos na superfície dos frutos. Realizar o monitoramento das plantas desde o início da formação dos primeiros frutos
Minador de folhas
(Liriomyza sativae)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Tratar logo no início da infestação
Traça da batatinha
(Phthorimaea operculella)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Tratar logo no início da infestação
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias. Tratar no início da infestação
Repolho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
30 mL p.c./100L água 300 a 600 L de calda/ha (Jato Dirigido) Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar logo após o transplante, quando observar sinais de ataque, deve-se pulverizar de preferencia à tarde, dirigindo-se o jato na base das plantas
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar quando encontrar os primeiros indivíduos ou sintomas como furos nas folhas centrais. Repetir se necessário
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 300 a 800 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 7 dias. 2 dias Aplicar logo no início da infestação, procurando atingir a praga
Seringueira (Floresta implantada) Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mandarová
(Erinnyis ello)
200 mL p.c./ha 200 a 500 L de calda/ha Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 7 dias. Uso não alimentar. Avaliar 100 folhas por talhão, distribuídas em 10 galhos (1 galho por árvore). Iniciar aplicação quando encontrar 8 lagartas em 100 folhas
Soja Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Gafanhoto
(Schistocerca spp.)
300 mL p.c./ha 100 a 200 L de calda/ha 15 a 20 L de calda/ha (aéreo) Realizar no máximo duas aplicações com intervalo de 10 dias 14 dias Aplicar no início da infestação, na fase “jovem-saltão” e na forma “aladaimago”
Lagarta-falsa-medideira
(Pseudoplusia includens)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Em caso de reinfestação, reaplicar com intervalo de 10 dias. Realizar no máximo 2 aplicações por ciclo de cultivo. 14 dias. Realizar o monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação e postura, de acordo com o nível de controle, quando houver 20 lagartas por amostragem, ou 30% de danos nas folhas no estágio vegetativo e 15 % de danos no estágio reprodutivo
Percevejo verde pequeno da soja
(Piezodorus guildinii)
300 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha 30 a 40 L de calda/ha (aéreo) Em caso de reinfestação, reaplicar com intervalo de 10 dias. Realizar no máximo 2 aplicações por ciclo de cultivo. 14 dias. Realizar monitoramento e iniciar as aplicações no início da infestação, quando forem encontrados 2 percevejos grandes (a partir de 3º instar) por amostragem. Em lavouras destinadas a produção de sementes, aplicar quando forem encontrados 1 percevejo grande por amostragem
Sorgo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mosca do sorgo
(Stenodiplosis sorghicolla)
200 mL p.c./ha 150 a 250 L de calda/ha Realizar no máximo três aplicações com intervalo de 15 dias. 6 dias. Aplicar quando atingir 1 fêmea por panícula durante o florescimento
Tomate Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca pequena do tomateiro
(Neoleucinodes elegantalis)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Iniciar a aplicação quando forem observados os primeiros ovos na superfície dos frutos. Realizar o monitoramento das plantas desde o início da formação dos primeiros frutos
Minador de folhas
(Liriomyza sativae)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Tratar logo no início da infestação
Traça da batatinha
(Phthorimaea operculella)
40 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Tratar logo no início da infestação
Vaquinha verde amarela
(Diabrotica speciosa)
30 mL p.c./100L água 400 a 1000 L de calda/ha Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 3 dias. Tratar logo no início da infestação
Trigo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Pulgão das espigas
(Sitobion avenae)
200 mL p.c./ha 100 a 300 L de calda/ha Em caso de reinfestação, reaplicar com intervalo de 10 dias. Realizar no máximo 2 aplicações por ciclo de cultivo. 14 dias. Realizar o monitoramento na fase de emergência ao afilhamento, iniciando a aplicação quando encontrar em média 10 % de plantas com pulgões. Na fase reprodutiva, iniciar a aplicação quando a população media atingir 10 pulgões por espiga Aplicar quando atingir 10% de plantas atacadas antes do florescimento ou 10 pulgões por espiga na fase reprodutiva

Informação adicional

Peso 1 kg
Dimensões 30 × 30 × 30 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Decis 25EC 1L”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não mais ofertas para este produto!

Informações Gerais

5 Perguntas

  1. 27 de novembro de 2023

    Qual a dosagem para aplicar em coxonilha, pulgão em uma bom de 16 litros?

    Bom dia Gilson, Tudo bem?!
    No caso qual seria sua cultura?! Recomendo fortemente que o senhor entre em contato conosco, basta clicar no ícone de WhatsApp que se encontra inferior direito de nosso site que o senhor será automaticamente direcionado para um de nossos agrônomos que irão lhe auxiliar da melhor maneira possível. Fico a disposição e boas festas!

  2. 4 de novembro de 2023

    Qual a dosagem pra bomba costal de 20 litro pra tomates

    Boa tarde Henrique! Tudo bem?!
    A dosagem recomendada de Decis para tomates é de 40 ml a cada 100 litros.
    Toda via caso o senhor tenha alguma dúvida recomendo entrar em contato conosco, basta clicar no ícone de WhatsApp no canto inferior direito do site que o senhor será automaticamente direcionado a um de nossos agrônomos especializados que irão lhe auxiliar da melhor maneira possível. fico a disposição.

  3. 22 de outubro de 2023

    Quantas ml de decis em 20 lifrOs d água pra matar incertos

    Boa tarde Trajano! Tudo bem?! 
    No caso qual seria a cultura que o senhor estaria aplicando o produto? Depende de sua cultura, no caso recomendo o senhor entrar em contato conosco para que possamos auxilia-lo. Pode chamar nosso Técnico Agronomo Osvaldo Brito, ele irá sanar eventuais duvidas que o senhor tiver.
    Osvaldo Brito: (16) 994371172.

  4. 28 de setembro de 2019

    O que significa a dose de 300p.c. por hectare.

    Olá, boa tarde !

    Significa 300 ml de produto comercial (Decis) por hectare (10.000 m2). 

    Obrigado por visitar nossa página.



  5. 25 de setembro de 2019

    Como aplicar o deltametrina em tomate que tem a problema de brocos; e qual método e intervalo?

    Olá Filipe !! obrigado por visitar a nossa página !

    Iniciar a aplicação quando forem observados os primeiros ovos na superfície dos frutos. Realizar o monitoramento das plantas desde o início da formação dos primeiros frutos.

    Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 07 dias.

    Intervalo de Segurança é 03 na entrada de pessoas.

    40 ml para 100 litros de água

    Adicione ATIVO ( Tem no site) para efeito translaminar. Assim o produto chegará no Ovo que esconde nas paredes internas do tomate.

    https://villaverdeagro.com.br/produto/ativo-1l